Ainda para evitar a proliferação do vírus, equipes da Secretaria da Saúde, Vigilância Sanitária, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar e com apoio das prefeituras, estão atuando em cada entrada dos municípios para fiscalizar a entrada de pessoas que chegam de outros estados.

“Temos o apoio das prefeituras municipais e da PM para orientar aqueles que estão adentrando no território estadual. Estamos fazendo um trabalho baseado no decreto governamental de identificação dessas pessoas e um trabalho de barreira sanitária para que possamos contribuir com essas ações de prevenção. Nossas equipes de saúde estão preparadas para identificar casos suspeitos e enviar para quarentena”, disse Florentino Neto.

A Policia Militar e a Secretaria da Saúde estão na coordenação desse trabalho, com a orientação de agentes da polícia e da saúde por meio do auxílio das gerências e das secretarias municipais de saúde.

Todos os profissionais envolvidos no tratamento direto com o público estão recebendo Equipamentos de Proteção Individual (EPIs). Novas remessas chegarão para suprir a demanda necessária.