JA CULTURA
cultura novamente marca gov 2
CACHOEIRA
MOTO CERTA
cultura novamente marca gov
OBRAS NO LITORAL CERTA
NATAL LUZ
GOVERNO DO DESENVOLVIMENTO
SISU
Semana do servidor BANNER
cultura novamente
BEBIDA

Aguarde! Piauí deve produzir uma cerveja de primeira. Será extraída do caju

Governo e Ambev estudam melhor sabor para nova cerveja piauiense

18/03/2020 10h22Atualizado há 3 semanas
Por: Walcy Vieira

Na última segunda-feira (16), o secretário de Estado da Agricultura Familiar, Hérbert Buenos Aires, a diretora da Agricultura Familiar da SAF, Liz Elizabeth, o diretor de Apoio às Cadeias Produtivas da SAF, Valmir Abreu e a engenheira agrônoma da Ambev, Lanessa Vieira, visitaram, em Teresina, a fábrica de beneficiamento de castanha de caju Eurocaju. A iniciativa fez parte de um roteiro de visitas organizado pela SAF que tem como objetivo conhecer potenciais fornecedores de matéria prima para a produção de uma cerveja piauiense.

Segundo Hérbert Buenos Aires, a Ambev deseja produzir uma cerveja com sabor característico e está realizando visitas técnicas e entrevistas, além de testes internos com seus mestres cervejeiros. “Após conhecer o projeto, o Governo do Estado acolheu a ideia e estamos levando adiante esta parceria, com visitas de campo e aos potenciais parceiros. A proposta é que toda a cadeia de fornecedores seja do Piauí, com exceção de algum produto que realmente não seja produzido aqui”, explicou.

O gestor acrescenta que a SAF está buscando mostrar para a Ambev as áreas de produção de caju que tem como grande exemplo da Eurocaju, considerada a maior processadora de castanha de caju do estado e uma rica fonte na coleta de informações importantes para o processo de produção que está em desenvolvimento na cervejaria.

A diretora de Agricultura Familiar da SAF, Liz Elizabeth destacou, durante a visita, que a Eurocaju tem uma capacidade de instalação muito boa e pode atender a demanda para a produção da bebida no estado. “As informações colhidas hoje vão ajudar muito na condução do processo de produção de um produto do Piauí, a exemplo do vizinho estado do Maranhão, que já produz a cerveja Magnífica, feita à base de mandioca”, declarou.

A engenheira agrônoma da Ambev, Lanessa Vieira da Silva, avaliou que a visita foi satisfatória, já que pôde entender como ocorre o beneficiamento de castanha em uma indústria de grande porte do estado. Segundo ela, saber que a qualidade e a classificação da amêndoa são prioridades para a Eurocaju é essencial e faz toda a diferença na escolha do produto que, não somente será a base para a produção da cerveja, mas um ingrediente que contará a história do estado, seja ele a castanha, o pseudofruto do caju ou mandioca.

As visitas a produtores seguem até o dia 19 de março, nos campos de caju, na fazenda Santa Fé, em Canto do Buriti; a fábrica Bem Te Vi, em Santo Antônio de Lisboa; à unidade produtiva do Crédito Fundiário Nova Esperança; à Sede da Central de Cooperativas de Cajucultores do Estado do Piauí (Cocajupi) e à unidade de Palmeira, em Cocal da Estação.