JA CULTURA
cultura novamente marca gov
GOVERNO DO DESENVOLVIMENTO
cultura novamente
OBRAS NO LITORAL CERTA
NATAL LUZ
Semana do servidor BANNER
cultura novamente marca gov 2
MOTO CERTA
CACHOEIRA
SISU
BEBIDA

Aguarde! Piauí deve produzir uma cerveja de primeira. Será extraída do caju

Governo e Ambev estudam melhor sabor para nova cerveja piauiense

18/03/2020 10h22Atualizado há 4 meses
Por: Walcy Vieira

Na última segunda-feira (16), o secretário de Estado da Agricultura Familiar, Hérbert Buenos Aires, a diretora da Agricultura Familiar da SAF, Liz Elizabeth, o diretor de Apoio às Cadeias Produtivas da SAF, Valmir Abreu e a engenheira agrônoma da Ambev, Lanessa Vieira, visitaram, em Teresina, a fábrica de beneficiamento de castanha de caju Eurocaju. A iniciativa fez parte de um roteiro de visitas organizado pela SAF que tem como objetivo conhecer potenciais fornecedores de matéria prima para a produção de uma cerveja piauiense.

Segundo Hérbert Buenos Aires, a Ambev deseja produzir uma cerveja com sabor característico e está realizando visitas técnicas e entrevistas, além de testes internos com seus mestres cervejeiros. “Após conhecer o projeto, o Governo do Estado acolheu a ideia e estamos levando adiante esta parceria, com visitas de campo e aos potenciais parceiros. A proposta é que toda a cadeia de fornecedores seja do Piauí, com exceção de algum produto que realmente não seja produzido aqui”, explicou.

O gestor acrescenta que a SAF está buscando mostrar para a Ambev as áreas de produção de caju que tem como grande exemplo da Eurocaju, considerada a maior processadora de castanha de caju do estado e uma rica fonte na coleta de informações importantes para o processo de produção que está em desenvolvimento na cervejaria.

A diretora de Agricultura Familiar da SAF, Liz Elizabeth destacou, durante a visita, que a Eurocaju tem uma capacidade de instalação muito boa e pode atender a demanda para a produção da bebida no estado. “As informações colhidas hoje vão ajudar muito na condução do processo de produção de um produto do Piauí, a exemplo do vizinho estado do Maranhão, que já produz a cerveja Magnífica, feita à base de mandioca”, declarou.

A engenheira agrônoma da Ambev, Lanessa Vieira da Silva, avaliou que a visita foi satisfatória, já que pôde entender como ocorre o beneficiamento de castanha em uma indústria de grande porte do estado. Segundo ela, saber que a qualidade e a classificação da amêndoa são prioridades para a Eurocaju é essencial e faz toda a diferença na escolha do produto que, não somente será a base para a produção da cerveja, mas um ingrediente que contará a história do estado, seja ele a castanha, o pseudofruto do caju ou mandioca.

As visitas a produtores seguem até o dia 19 de março, nos campos de caju, na fazenda Santa Fé, em Canto do Buriti; a fábrica Bem Te Vi, em Santo Antônio de Lisboa; à unidade produtiva do Crédito Fundiário Nova Esperança; à Sede da Central de Cooperativas de Cajucultores do Estado do Piauí (Cocajupi) e à unidade de Palmeira, em Cocal da Estação.