GOVERNO DO DESENVOLVIMENTO
JA CULTURA
NATAL LUZ
cultura novamente
SISU
cultura novamente marca gov
Semana do servidor BANNER
MOTO CERTA
OBRAS NO LITORAL CERTA
cultura novamente marca gov 2
POLÍTICA EM TIMON

Vereador que pediu moralidade na Câmara é condenado por dirigir embriagado e fugir da polícia

A sentença foi proferida pelo juiz José Elismar Marques, da Comarca de Timon

04/12/2019 18h47Atualizado há 2 meses
Por: Walcy Vieira

Acusado de dirigir embriagado e de agredir verbalmente policiais, depois de desrespeitar ordem de parada da polícia, o vereador Ramon Júnior, vice-presidente da Câmara Municipal de Timon, Maranhão, foi condenado a seis meses de detenção e a suspensão de sua carteira de habilitação pelo mesmo período de 6 meses.

A sentença foi proferida pelo juiz José Elismar Marques, da Comarca de Timon. O vereador foi enquadrado criminalmente por calúnia, atentado contra a segurança de servidores públicos, desacato e crimes de trânsito. Na época ele foi preso e autuado em flagrante. O processo transcorreu e agora o parlamentar foi sentenciado.

Ramon Júnior não foi encontrado na tarde desta quarta-feira (04/12) para falar a respeito da condenação. Já essa semana, o mesmo Ramon Júnior disse em alto e bom som na Câmara Municipal de Timon que não apoiava a indicação do vereador Ivan do Saborear, que pedia Moção Honrosa à secretária municipal de educação, Dinair Veloso, sob supostos pretextos morais, visto que o parlamentar alegava que a secretária estaria supostamente sendo investigada.

O requerimento chegou a ser retirado de pauta pelo próprio autor